Quem Somos



Conheça o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas

Os diretores Wilson Lazaretti e Maurício Squarisi se dedicam ao mundo da animação desde a década de 1970, quando começaram os primeiros trabalhos em Campinas, no interior de São Paulo, dando início ao ‘Núcleo de Cinema de Animação de Campinas’.

Além das obras autorais de cada diretor, o Núcleo tem forte atuação no ensino, pesquisa e divulgação de técnicas de animação, através da realização de oficinas.



Em 1975, Wilson Lazaretti foi convidado para dar aulas de cinema para crianças no Conservatório Carlos Gomes, em Campinas. Anos depois, o núcleo se transferiu para uma sala nas dependências do Teatro Castro Mendes. Além das aulas para crianças, o grupo passa a ser formado também por artistas plásticos, ceramistas, poetas, artistas gráficos e outros profissionais interessados em cinema de animação.

Foi nesta época, exatamente em 1979, que o então artista plástico Maurício Squarisi se junta ao grupo. A maioria dos artistas realiza algumas experiências em animação e retorna à sua arte principal, mas Lazaretti e Squarisi permaneceram como pilares centrais do Núcleo, desenvolvendo uma didática própria para o ensino de animação através de oficinas.

Até hoje, os diretores calculam ter ministrado mais de 2 mil oficinas, na maioria dos estados brasileiros, desde o Amapá até o Rio Grande do Sul, e em diversos países, como Estados Unidos, Portugal, Dinamarca, Moçambique, Argentina, Croácia, Suécia, entre outros.

Entre obras autorais e produzidas em oficinas, já são mais de 300 filmes, o que situa o Núcleo de Animação de Campinas como um importante e dos mais atuantes polos de produção no segmento no país.
Ao longo dos anos, o Núcleo tornou-se especializado no desenvolvimento de oficinas de cinema de animação, especialmente com crianças. Nestas atividades, o grupo de crianças é autor do filme. Desenvolvem a criação, roteiro, grafismo, animação e trilha sonora, sob orientação dos artistas do Núcleo.

Em 2015, o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas comemora a conclusão de seus dois primeiros longas:

Café, um dedo de prosa” – de Maurício Squarisi, conta a historia da bebida e sua influência na história do Brasil


“História Antes de uma História” – de Wilson Lazaretti, conta a história de Dr. K, um velho senhor que, no decorrer de uma de suas caminhadas, encontra pelo caminho vários objetos que o ajudarão a desvendar os grandes mistérios da técnica da animação.

Atualmente, o Núcleo de Cinema de Animação de Campinas mantém um banco de projetos voltados para as áreas de educação, ecologia e cidadania e segue trabalhando na captação de recursos, como patrocínios, leis de incentivos e concursos para realizá-los.

Um comentário:

  1. Gostaria de um dia poder realizar o meu sonho de criar um longa animado.

    ResponderExcluir